7 maneiras de usar o Óleo de Coco

7 maneiras de usar o Óleo de Coco!!

 

Olá queridas!

Antes de começar o texto queria comentar aqui com vocês. Já perceberam que o óleo de coco nunca sai de moda? 

Vamos discutir o tão falado e conhecido produto milagroso que é o óleo de coco . O óleo de coco não é apenas um superalimento natural livre de substâncias químicas, contém poderosos ácidos graxos que podem ajudar a perder peso, a viver muito tempo, etc. Sendo mais específica, o óleo de coco tem tantos benefícios de beleza quanto saúde!

Então, hoje, separamos alguns jeitinhos que você pode incorporar o óleo de coco em sua rotina de beleza. Seja para conseguir cabelos lisos e sedosos ou pernas lisas e sedosas, compilamos uma lista de sete maneiras diferentes de usar o óleo de coco em sua rotina para que fique MARA! 

 

1. Tratamento de cabelos secos e danificados 

Para começar, o óleo de coco pode fazer maravilhas para cabelos secos, danificados e crespos. Os ácidos graxos amaciam os cabelos e prendem a umidade no interior. A melhor maneira de aplicá-lo é esfregar uma pequena quantidade entre as mãos e aplicá-lo ao seu cabelo, das raízes e ir descendo para as pontas. Separe por mechas para ficar mais fácil. Quanto mais tempo você deixar melhor! Enrole o cabelo em uma toalha por pelo menos 15 minutos e depois lave com um xampu suave. Você também pode dormir com ele (cubra a cabeça com uma touca de banho para evitar o óleo de coco em todo o travesseiro) e siga sua rotina regular de banho pela manhã.

 Vai deixar seu cabelo liso e sedoso! 

maneiras de usar o óleo de coco em sua rotina de beleza

2. Removedor de maquiagem 

O óleo de coco é uma maneira maravilhosa de quebrar qualquer rímel à prova d’água ou maquiagem pesada. Colocando um pouquinho no algodão já resolve, ele ajuda a remover a maquigem do rosto todo e do delineador à prova d’água ou rímel. Depois de ter suavizado e amolecido tudo com o óleo, lave o rosto com uma lavagem suave no rosto para retirar os restos do óleo.

Resultado de imagem para pessoa tirando a maquiagem

3. Esfoliação Corporal  

Misture uma colher de sopa de óleo de coco com uma colher de sopa de café moído e você terá uma ótima mistura de esfregar o corpo! Mantenha essa proporção ao criar lotes maiores. Algumas outras alternativas aos esfoliantes que não o café moído são o sal marinho moído e o açúcar.

Resultado de imagem para esfoliação corporal

4. Hidratante corporal 

Diga olá para o mais novo hidratante do corpo – por mais estranho que pareça, o óleo de coco é uma ótima maneira de hidratar a pele. Quando você sair do chuveiro, retire a loção corporal cheia de químicos para obter uma fina camada de óleo de coco para bloquear a umidade. Bônus: você cheira a cocos!

 

5. Reduz (e muito!) o Frizz

Aplique uma pequena quantidade de óleo de coco e esfregue-o nas palmas das mãos e alise-o sobre o seu frizz para obter uma aparência suave e brilhante.  Logo depois da hidratação, você vai perceber como o cabelo muda!

 

6. Bálsamo de Barbear

Antes de usar a gilete para se depilar, ou homens na hora de fazer a barba use um pouco do óleo de coco para prender a umidade e deixar sua pele suave e macia como um travesseiro.

 

7. Máscara Facial 

Procurando por uma máscara facial simples e rápida para aquela noite?Combine 1 colher de sopa de mel + 1 colher de sopa de óleo de coco derretido.Deixe por 15-20 minutos. Certifique-se de que seu rosto esteja seco e limpo e aplique a máscara. Espere cerca de 10 minutos e retire tudo com uma toalha quente.

Problemas hormonais mais comuns

Quais são os problemas hormonais mais comuns ?

Afinal, vamos começar com uma pergunta 

O que é hormônio ?
Hormônio é uma substância química do nosso corpo, fabricada pelo nosso sistema endócrino, eles tem um papel muito importante para a nossa saúde e bem-estar. Cada um deles tem uma função diferente no nosso corpo, mas também trabalham
juntos .

Os problemas hormonais acontecem quando existe um excesso (hiperfunção) ou falta (hipofunção) do funcionamento dos hormônios, acarretando os sintomas que trataremos neste artigo.

Imagem relacionada

Agora, vamos entender quais são os desequilíbrios hormonais mais comuns

1. Hipertireoidismo

O hipertireoidismo é quando a glândula da tireoide produz hormônios em excesso. Ela é localizada no pescoço e ela regula o nosso metabolismo, que é a maneira como o seu corpo usa e armazena energia. Esse desregulação dos hormônios da tireoide acontece entre os 20 e os 40 anos de idade, ela é muito mais comum nas mulheres do que nos homens.

Aos sintomas mais comuns são: sensação de calor, fraqueza muscular, mãos trêmulas, batimentos cardíacos acelerados, perda de peso, infertilidade, irregularidade menstrual, cansaço, diarreia  ou evacuações frequentes.

2. Hipotireoidismo

O hipotireoidismo acontece quando os hormônios da tireoide produzem poucos hormônios, sendo o disturbo mais comum na glândula que fica no pescoço. O hipotireoidismo costuma ser associado a um leve ganho de peso (eminentemente por acúmulo de líquidos) e uma dificuldade para se livrar de quilos extras.

Os rins não conseguem filtrar o líquido vermelho direito. O intestino fica mais lento e a pele resseca. Os olhos, por sua vez, correm um sério risco de glaucoma.

3. Excesso de cortisol 

O cortisol é um hormônio produzido pela gandula suprarrenal. Ele serve para aumentar o nível de açúcar no sangue e tem o inconveniente de diminuir a formação óssea e causar alguns problemas, como o sobrepeso. 
Ele popularmente é conhecido como o hormônio do estresse. As atividades do dia a dia, afazeres dentro de casa, cuidar os filhos e da família, período de provas e o trabalho fazem com que esse hormônio passe por momentos de tubulações.

4.  Falta de estrogênio no corpo feminino 

O estrogênio é responsável por multiplicar as células dos tecidos reprodutores e mamários e, com isso, a mulher fica exposta por um longo período a esse hormônio.  Quando desregulado pode causar a aparição dos miomas uterinos e cistos nos seios.

Por outro lado, a carência desse hormônio durante a menopausa provoca os sintomas já muito conhecidos nessa fase — suadores, falta de lubrificação vaginal, depressão, entre muitos outros —, podendo afetar a vida da mulher em todos os aspectos, sejam eles emocionais, sociais e físicos.

Um dos produtos que ajuda a regular os hormônios femininos é o Mistike – Óleo de prímula 

O que pode causar a desregulação de hormônios? 

• Pílulas anticoncepcionais
• Estresse
• Uso excessivo de cosméticos
• Gravidez
• Lactação
• Sedentarismo
• Menopausa
• Ciclo menstrual
• Padrões de sono inconsistentes
• Problemas de tireoide
• Diabete

 

Por que abrir uma franquia e não um novo negócio? Quais as vantagens?

Por que abrir uma franquia e não um novo negócio?
Quais as vantagens?

 

Primeiramente vamos explicar rapidamente o que é uma franquia:
Franquia é um modelo de negócio que envolve a distribuição de produtos mediante condições estabelecidas em um contrato entre franqueador e franqueado. 
 
Quando você adquire uma franquia você compra um modelo de negócio que já foi testado e que já está em funcionamento. O franqueador já fez a pesquisa de mercado sobre os produtos que são oferecidos. Por ser uma rede de empresas, acaba-se por adquirindo uma grande quantidade de produtos, consequentemente, a marca tem “privilégios” de preços, conseguindo negociar mais barato e repassando aos seus franqueados.
 
Se você for abrir um próprio negócio do zero, você vai precisar contratar uma empresa para fazer esta pesquisa de mercado e assim certificar a viabilidade do seu negócio. Além de criar toda cadeia de fornecedores (por se tratar de um negócio novo, você ainda não terá crédito no mercado e provavelmente terá que pagar as primeiras compras todas adiantadas ou a vista).
 
Numa franquia a marca já está pronta e já é conhecida.
 
No seu próprio negócio, você precisará contratar profissionais para o desenvolvimento da marca, desde a criação do logo até os registros.
 
Quando você opta por uma franquia, se torna um investimento mais assertivo, uma vez que os valores que você vai gastar já são previamente apresentados, assim não haverá surpresas.
 
Quando você opta por um negócio próprio, apesar de você conseguir fazer um esboço de todo plano de ação, quase sempre há surpresas e novos investimentos no caminho não previstos inicialmente. Pois neste caso tudo é novidade, reforma, construção, ambientação, logística, registros, licenças, e toda burocracia para poder abrir as portas.
 
Outra vantagem da franquia é que ela oferece treinamento para sua equipe sobre o produto e serviços. O processo já está pronto, com o passo a passo bem definido. Os funcionários terão cursos voltados para vendas e formas de tratar o cliente, além de conhecimentos específicos sobre o setor da prestação do serviço. Tais cursos costumam ser bem completos, afinal, a franqueadora tem interesse que o franqueado atinja ao máximo o potencial lucrativo, já que seu sucesso também será o sucesso da marca.
A franquia oferece também todo suporte na gestão do seu negócio, no financeiro, no marketing, em compras, no rh, orientações contábeis e jurídicas. Oferece software e consultoria. A marca irá prestar todo o suporte necessário, você poderá ficar “livre” da maior parte burocrática e preocupar-se apenas no operacional da sua empresa.
 
Este talvez seja a parte mais importante, pois normalmente o empreendedor tem muita dificuldade em controlar e organizar suas finanças, o que põe em risco a saúde do negócio. Quando montamos um negócio próprio, não temos este suporte, a não ser que seja contratada uma assessoria financeira.
 
 
Outra vantagem em abrir uma franquia está no suporte do marketing. Toda comunicação é desenvolvida pelo franqueador, não necessitando da contratação de uma agência. 
 
Para montar um negócio próprio e ter todos estes benefícios que uma rede de franquias oferece acaba tornando seu negócio inviável, pois o investimento em todos estes suportes se tornam altos quando falamos de um negócio novo.
 
Outro benefício oferecido pelas franquias são parcerias com financeiras. Estas parcerias acabam oferecendo a você taxas para empréstimos, capital de giro, financiamento menores do que as que você teria acesso tendo um negócio próprio. 
 
Hoje, graças ao avanço da tecnologia, mesmo lojas mais distantes da matriz tem muita facilidade na reciclagem. Sendo possível, através de vídeo conferências, se atualizar, se consultar, pedir opiniões e orientações. Os erros são ajustados de forma simples e dinâmica.
 
A franquia também fará um estudo apurado na sua cidade/região, analisando concorrentes, demanda, público-alvo e muito mais. 

Dificilmente os estudos e plano estratégico falham drasticamente. Ele analisa os possíveis pontos comerciais, a renda local, comércio local, a passagem de pedestres ou trânsito de veículos, enfim, faz uma análise minuciosa para que seu investimento seja o mais assertivo possível. Muitas vezes ajudam até na negociação do ponto.

 
Abrir um negócio é um passo muito importante, para muitos, a realização de um sonho, por isso deve ser feita a escolha mais assertiva possível para que esse investimento renda bons frutos. 
 
Se ainda tiver dúvidas sobre franquia, não exite em nos ligar!
Teremos o maior prazer em atendê-lo.

 
Com carinho,

Veja quais são os sintomas do estresse muscular

Veja quais são os sintomas do estresse muscular

Existe uma forte conexão entre o estresse e as dores nas costas. O estresse causa a liberação de hormônios que aumentam a percepção da dor, como o cortisol e o adrenocorticotrópico (ACTH).

O estresse já foi muito estudado e sabemos que não é apenas um dor mental, mas pode ser física também. 

O estresse muscular aparece por diversos motivos, estresse, excesso de atividades físicas, mau jeito, por dormir mal ou estava com a postura errada. 

Das dores e complicações que o estresse pode gerar, essa é uma das mais simples de resolver e os sintomas são facilmente reconhecidos e os tratamentos são simples de serem seguidos. Mas também há casos que precisam de maior atenção e por isso é importante estar atento à dor – principalmente para o caso de ela persistir por mais de três dias.

Como é causada? 

A sobrecarga muscular acontece porque á uma sobrecarga nos músculos, por forçar demais, por fazer várias vezes o mesmo movimento.

O estresse muscular acontece por que acontece por tencionamos os músculos e é isso que faz com que as dores apareçam de forma involuntária.

Nosso postura também causa dor muscular, a cadeira mal ajustada do trabalho e colchão e travesseiros ruins podem ser alguns dos motivos que forçam uma postura incorreta.

Resultado de imagem para estresse muscular

Como cuidar da dor ?

Evite forçar o músculo,  espere alguns dias para que possa forçar e se restabelecer .

Cuidado com os relaxantes musculares: os relaxantes musculares costumam atenuar consideravelmente as dores, especialmente as mais leves. Mas não exagere: usar continuamente relaxantes musculares pode acabar mascarando problemas mais sérios.

Um dos suplementos que ajudam na dor muscular e nas juntos é o UMOVE, além de que os tradicionais chás de camomila e hortelã  relaxam bastante. 
No site da Nação Verde tem a explicação de todos os produtos naturais, por isso sem estresse! 

Infertilidade Masculina o que pode ser

Infertilidade Masculina. O que pode ser? 

 

Sim, a Infertilidade Masculina acontece… Muitas pessoas acham que quando um casal não consegue engravidar é por conta de algum problema com os órgãos reprodutores da mulher, mas não, os homens também passam por isso e os prejudicados são os espermatozoides.

Como ja comentamos por aqui, temos a maca peruana que ajuda a combater E MUITO a infertilidade, mas os “por ques” disso acontece, estão no post de hoje. 

Uma pesquisa nos EUA, também revelou que a quantidade de espermatozoides produzidos pelos homens tem diminuído a cada ano.

“Depois de revisar 185 estudos e artigos sobre fertilidade masculina, com dados de 43 mil voluntários dos EUA, Europa, Austrália e Nova Zelândia, Levine e sua equipe constataram: a concentração de espermatozoides caiu 52%, passando de 99 milhões/ml em 1973 para 47,1 milhões/ml em 2011.”  Fonte: revistagalileu.globo.com\

Resultado de imagem para espermatozoide

A infertilidade masculina pode ser ocasionada por meio de uma doença única, porém é muito comum encontramos diferentes fatores que, quando associados levam a  redução do potencial fértil. 

A principal ferramenta para constatar a infertilidade masculina é a análise do sêmen – o conhecido espermograma. Ele avalia fatores como volume, viscosidade, concentração de espermatozoides, motilidade, morfologia, entre outros tantos aspectos. É importante ressaltar que a análise seminal não é o teste de fertilidade masculino: a avaliação deve abranger também uma investigação histórica do paciente e do casal e um exame físico.

Algumas doenças e hábitos podem prejudicar a produção dos espermatozoides.

Caudas da Infertilidade Masculina 

 A variocele , doença que acomete os vasos testiculares e, diagnosticada por meio do exame físico, é a principal causa de redução do potencial fértil dos homens, responsável por até 40% dos casos de infertilidade masculina primária.

Varicocele é a dilatação das veias presentes dentro do escroto, a bolsa de pele             solta abaixo do pênis que detém os testículos. 

Bom, fumar e usar substâncias tóxicas faz mal para qualquer um e para os espermatozoides também. Ambos atrapalham na hora da ereção.  A maconha altera a capacidade de locomoção dos gametas e a cocaína, a sua produção. 

As alterações hormonais é um outro aspecto que pode impossibilitar do homem de gerar um filho

A principal ferramenta para constatar a infertilidade masculina é a análise do sêmen – o conhecido espermograma. Ele avalia fatores como volume, viscosidade, concentração de espermatozoides, motilidade, morfologia, entre outros tantos aspectos.

 

Sabia que o estresse pode causar problemas na pele ?

Sabia que o estresse pode causar problemas na pele ?

 

O estresse é companheiro da maioria das pessoas no dia a dia, seja no trabalho, na escola, em casa, o estresse vai acontecer!  E uma das primeiras partes do nosso corpo que começam a se manifestar é a nossa pele.

Seja no rosto, no corpo ou no cabelo o estresse se manifesta em nós de alguma maneira e além de tudo faz com que a nossa imunidade caia e o corpo fica mais vulnerável a infecções e outros problemas.

Alguns suplementos como o  BCalm foi desenvolvido para ajudar a controlar o estresse do cotidiano e também para dar aquela sensação de paz. 

Veja se você tem alguma dessas reações a baixo e tente identificar se vem do estresse 

      1.Aparecimento de Acnes

É, as espinhas e acnes são bem desagradáveis e lembram a nossa adolescência. Elas são as primeiras a aparecerem no nosso rosto. O estresse aumenta a produção das glândulas sebáceas e deixa a pele mais oleosa, favorecendo o surgimento da acne.

      2. Alergia

O estresse age nos mastócitos, células do tecido conjuntivo associadas às reações alérgicas.  Esses mastócitos agem diretamente no sistema do estresse, a Ansiedade, a Tristeza, e Sustos, etc podem aparecer ao sistema de estresse como alertas de ameaça e ao receber a alerta, o sistema de estresse vai se-responder liberando mediadores fortes.

      3.  Herpes

Para quem já tem herpes, existem alguns fatores que podem desencadeá-lo como por exemplo, o sol, a má alimentação, o estresse, o sono ruim e a tristeza ou depressão.

Todas essas situações geralmente enfraquecem o sistema imunológico, o que pode ativar o vírus e favorecer o surgimento das lesões e a herpes é um desses vírus. 

     4. Furúnculo  

Muito comum nas regiões que tem pelos ou dobras, o furúnculo aparece . O furúnculo se transforma em um nódulo endurecido, vermelho e bem dolorido e, se não for tratado, pode virar uma ferida com pus.

     5. Olheiras

 Para quem não sabe, o que causa as olheiras é o depósito de melanina, pigmento que dá cor,  na pele que fica abaixo dos olhos. Elas também são causadas pela genéticas até noites mal dormidas e estresse físico ou emocional.

Óleo de Coco para os Cabelos – Hidratação Natural

Óleo de Coco para os Cabelos

Hidratação Natural

 

Quem hoje em dia tem tempo de ficar indo no salão toda a semana para ficar fazendo hidratação ? Acredito que quase ninguém e por isso que as receitinhas caseiras são super válidas nesse momento. 

Os óleos disponíveis na natureza ajudam o nosso cabelo, por que de vez em quando é necessário fazer o processo de  umectação (reposição de lipídios e massa usando óleos naturais) e também sobre todos os seus benefícios, revitalização dos fios, recuperação. crescimento capilar e até mesmo alisamento.

O Óleo de Coco é super famoso nas receitinhas fitness e para os cabelos é poderoso para o couro cabeludo, selar as pontas, trazer mais brilho e maciez aos fios.

Dentro desse composto natural tem vitaminas que ajudam a nutrir os fios, fazendo com que fiquem mais saudáveis, principalmente quando o cabelo é tingido ou tem mechas. 

Pode ser utilizado em todos os tipos de cabelos: lisos, cacheados, loiros, com química ou sem, cabelos oleosos ou secos. 

O óleo de coco é muito usado na Índia para o tratamento capilar. Ele proporciona brilho e estimula o crescimento dos cabelos. Ajuda também a reduzir a perda de proteínas dos fios. Não é à toa que é encontrado em muitas fórmulas de cremes e condicionadores.

 Ácido láurico é encontrado no óleo de coco e tem melhores resultados do que outros óleos minerais ou de girassol, quando se trata de melhorar a saúde do cabelo.

É rico em vitamina E, vitamina K, ferro e efetivamente elimina a caspa ao impulsionar o crescimento do cabelo.

Outra maneira de usar o óleo de coco é misturar o produto no creme para pentear ou no leave-in.

Normalmente é aplicado diretamente nos cabelos. Massagear o couro cabeludo como o óleo, previne o surgimento de piolhos e caspas.

Algumas marcas linhas completas de shampoo, condicionador e cremes para pentear e de tratamento com o óleo de coco na composição, o que é prático para quem precisa hidratar e nutrir o cabelo seco já na lavagem.

Pensando nisso criando uma Máscara de Hidratação – Restauradora com Óleo de Coco e um BBCream Capilar com Óleo de Coco também.
Se você preferir temos o próprio óleo e é ótimo por que você consegue usar em mil coisas. 

 

 

Alimentos que aumentam a imunidade

Alimentos que aumentam a imunidade

 

Já procurou coisas que aumentam  imunidade? O nosso sistema imunologio é um conjunto de elementos existentes no corpo humano e o principal responsável por proteger o nosso corpo de doenças.

É importante ter hábitos saudáveis para que nossas células sempre estejam fortes e imune aos vírus, comer bem, praticar atividade física, evitar alimentos industrializados, não fumar, evitar o estresse diário, dormir bem devem fazer parte da nossa rotina. 

Uma boa forma de melhorar a imunidade do corpo naturalmente é tomar um suplemento alimentar em forma de cápsulas, que podem ser compradas nas farmácias, drogarias ou lojas de produtos naturais.

Alguns deles são o Aloe Vera, Omêga 3, Multivitamínico, Óleo de Alho, já viu no nosso site?

O estilo de vida tem muito mais a ver com as defesas do organismo do que você pode imaginar. Inclusive muitas doenças — problemas no estômago, urticária e até doenças cardíacas, por exemplo, estão ligadas aos efeitos do estresse emocional. 

Esses suplementos que citamos serve para ajudar na melhoria das nossas atividades no dia a dia, por que infelizmente não conseguimos ingerir todas as vitaminas que precisamos diariamente só com alimentação. 

Manter a mente sempre ativa também ajuda no sistema imunológico.

O sistema imunológico, sistema imune ou imunitário é um conjunto de elementos existentes no corpo humano.

Esses elementos interagem entre si e têm como objetivo defender o corpo contra doenças, vírus, bactérias, micróbios e outros.

Listamos aqui atitudes e alimentos que ajudam o nosso sistema imunológico a manter sempre forte.

Quais são os costumes que preciso ter diariamente para ter o sistema imunológico sempre forte?

  • Beber água
  • Evitar alimentos processados e fast-foods
  • Se expor ao sol, sem proteção, para a pele absorver um pouco de Vitamina D
  • Dormir adequadamente
  • Ter uma alimentação saudável com frutas, legumes, proteínas e bons carboidratos.

 

Quais são os alimentos que aumentam a imunidade?

  1. pimentões
  2. brócolis
  3. alho
  4. gengibre
  5. espinafre
  6. iorgute
  7. açafrão
  8. chá verde e preto
  9. mamão
  10. kiwi
  11. semente de girassol

O que te impede de perder a gordura localizada?

O que te impede de perder a gordura localizada?

 

Você também é daquelas que faz dieta direitinho, que vai na academia todos os dias mas percebe que aquela gordurinha localizada (no abdômen, coxas, glúteos…) não sai de maneira nenhuma?! Será que todos os seus costumes estão 100% saudáveis ?

As famosas gorduras localizadas são as nossas reservas energéticas, e são delas que o nosso corpo tira energia .

As vezes, simples correções na rotina já podem ajudar a perder a gordura localizada , mas outro fator que pode fazer com que essa gordurinha não vá embora é o nosso METABOLISMO, e ele é um do principais responsáveis para que tudo funcione bem. 

Quando o nosso corpo funciona direitinho, eliminamos toxinas, dormimos bem, aproveitamos bem nossa disposição física e mental, e conseguimos perder peso.

 

Alguns suplementos com ingredientes naturais como Café Verde, Loção Termoativa com Cafeína, Farinha Seca Barriga, Quitosana podem ajudar a eliminar aqueles quilinhos a mais indesejáveis, mas tudo isso só irá funcionar quando os hábitos saudáveis já fazem parte da sua rotina.

Colocamos aqui 4 hábitos que atrapalham na perda de peso, quando ler você irá perceber que são simples e que deixamos passar, mas se você se identificar com algum desses, é melhor mudar, se não … o que te incomoda não vai mudar.

 

1. DEIXAR DE FAZER AS REFEIÇÕES

Parar de comer ou diminuir as quantidades não irá fazer com que você perca peso.
Comendo menos irá fazer com que o seu metabolismo funcione mais devagar, fazendo com que ele use a gordura como fonte de energia e também economizando

 Como o metabolismo é todo integrado, ao mesmo tempo que queimamos a gordura acumulada, queimamos também nossos músculos.

2. NÃO TER DIETA BALANCEADA

É verdade queridos, e não é frescura também, fazer dieta é muito mais do que regime, ou academia. Fazer dieta é saúde, é saber equilibrar a quantidade de fibras, proteínas e carboidratos que seu corpo precisa diariamente.

Com a quantidade de comidas que o seu corpo precisa diariamente, o seu metabolismo vai funcionar direitinho.

3. SE ALIMENTAR FAZENDO OUTRAS COISAS

Muitas vezes a correria do dia a dia nos obriga a comer falando no celular, mexendo no computador, 

4. FAZER O DIA DO LIXO SEM PRECISAR 

Uma das principais regras para se perder a gordura localizada é se manter firme na dieta, ela é uma dos fatores essenciais para entrarmos em forma.

Se você já se alimenta bem todos os dias, não é um pedaço de pizza ou um hambúrguer que vai “estragar” o seu corpo. 

Ter hábitos saudáveis não é estética e sim saúde. 

Claro que se você comer esse tipo de comida todos os dias aquela gordurinha não será eliminada. Então deixe esse momento para um happy hour, aniversário ou se permita uma vez por semana, sem peso na consciência.

Queda de cabelo: Principais causas e Como solucionar

Queda de cabelo: Principais causas e Como solucionar

Queda de cabelo: Principais causas e Como solucionar

 

É pessoal, a queda de cabelo é uma coisa que acontece tanto com homens quanto mulheres e acontece por diferentes causas .

A queda de cabelo pode acontecer por doenças sistêmicas como anemia, doenças da tireoide, distúrbios nutricionais e também pode surgir após infecções que tiveram febre alta, tratamentos hormonais, após cirurgia e partos.

Essas são as mais comuns. Algumas doenças cutâneas podem levar à queda, como a alopecia areata, mas nestes casos, além da queda, há a presença de áreas sem pelos.

Outros fatores que podem influenciar na queda dos fios:

  1. Cigarro: as substâncias tóxicas do cigarro enfraquecem as mechas. Como na síndrome metabólica, anos e anos tragando e soltando fumaça levam a uma degeneração dos vasinhos que abastecem as extremidades do corpo – caso do couro cabeludo.
  2. Problemas intestinais: Zinco, cobre e proteínas, entre outros, asseguram a beleza e a firmeza dos fios. A questão é que de pouco adianta adotar uma alimentação balanceada se o aparelho digestivo não consegue absorver as substâncias benéficas vindas da comida.
  3. Estresse: “Em torno de 10% das mulheres têm algum grau de calvície. E acho que o número está subindo, principalmente entre as que trabalham em setores muito estressantes”, especula Carlos Oscar Uebel, expert em transplantes capilares e chefe do Serviço de Cirurgia Plástica do Hospital São Lucas, em Porto Alegre.  Claro que você não ficará careca, mas traz uma grande bagunça hormonal. 

Para que você não se assuste mais com seus fios cabelo caindo, a suplementação com o RELIFE pode ajudar, as vitaminas presentes nele contribuem no crescimento e fortifica os fios.  O Relife contem princípios ativos como : Biotina, Cobre, Vitaminas do Complexo B, Vitamina C, Vitamina E, Ferro e Zinco

A nutrição capilar está relacionada ao estilo de vida e hábitos alimentares, o que reflete a saúde dos cabelos. A carência de vitaminas e minerais, causam queda, deixam o cabelo quebradiço, opaco, sem brilho. O Relife é a combinação perfeita entre, rico em antioxidantes que darão vida aos seus cabelos e a sua auto estima
Informações sobre o produto

Biotina: Componente do complexo B, é importante no desenvolvimento do folículo piloso, sua deficiência causa queda de cabelo e despigmentação dos fios. Ajuda na prevenção a cálvice.

Vitaminas do Complexo B: Ajudam na ativação da síntese de queratina, promove a formação do caroteno que é responsável pelo crescimento resistência e fortalecimento dos fios.

Vitamina C: Ajuda na síntese de colágeno, a falta de vitamina C deixa o cabelo espirulado e mais fino. A vitamina C junto com o colágeno ajuda a deixar o cabelo mais grosso e com crescimento mais rápido

Zinco: Ajudam na síntese de proteína, principalmente da queratina, ou seja, ajudam na formação de novos fios de cabelo. Regula a tireoide que quando alterados causam queda de cabelo. Contribui na oleosidade do cabelo, previne contra seborreia, sendo outro fator importante para queda de cabelo. 

Ferro: Além da anemia, que é caracterizada pela redução do número de hemácias e baixa de hemoglobina, o sangue transporta pouco oxigênio aos tecidos inclusive para o couro cabeludo,a falta de oxigênio mata o folículo piloso do cabelo e gera a queda.

Vitamina E: Protege as proteínas, lipídios dos cabelos contra oxidações causadas por fatores físicos, fortalece e aumenta a força e tensão dos fios. Esta envolvida na prevenção da alopecia têm ação umectante e no fortalecimento da membrana celular.

Cobre: Ajuda a manter a estrutura do cabelo como espessura, formato, elasticidade e crescimento regular dos fios.

Propriedades

– Nutrição capilar
– Melhora a oxigenação
– Estimula crescimento dos fios
– Aumenta a elasticidade, brilho e realça a cor dos cabelos.
– Previne e trata que de cabelo
– Ajuda na restauração dos fios em tratamentos com muita química.