O que são probióticos e como eles ajudam no emagrecimento?

O que são probióticos e como eles ajudam no emagrecimento?

Quem precisa emagrecer sabe que não é uma tarefa fácil: envolve muita dedicação e mudanças nos hábitos alimentares e praticar exercícios físico. Uma vez que se alcança o peso ideal, chega o segundo desafio: manter os quilos perdidos. Para mulheres que se encontram nesta situação, trazemos uma ótima notícia: um estudo publicado no British Journal Of Nutrition comprovou que a ingestão de probióticos contribuiu para alcançar este objetivo.

Pesquisas anteriores já haviam mostrado que a flora intestinal de indivíduos obesos é diferente da de pessoas magras. E o motivo dessa diferença, de acordo com pesquisadores da Universidade de Laval, no Canadá, é que uma dieta rica em gordura e pobre em fibras promove o crescimento de certas bactérias em detrimento de outras. Então, para isso, eles tentaram determinar se o consumo de probióticos ajudaria a repor o equilíbrio da microbiota intestinal em favor de bactérias que promovem uma perda de peso saudável.

probióticos

Como resultado, a pesquisa mostrou que as mulheres que consumiram probióticos perderam duas vezes mais peso durante as 24 semanas do estudo. Além disso, os pesquisadores também observaram uma queda no hormônio leptina, responsável por regular o apetite, bem como uma concentração inferior das bactérias intestinais relacionadas com a obesidade.

Agora que descobrimos a relação direta dos probióticos com o emagrecimento, vale a pena explicar um pouco sobre ele.

O que são probióticos?

Simplificando, probióticos são bactérias vivas e leveduras benéficas para o sistema digestivo.

Existem diferentes tipos de probióticos, cada um com um benefício diferente para a saúde, mas hoje vamos explicar dois:

Lactobacilos

Os lactobacilos fazem parte do grupo dos probióticos: bactérias benéficas para o organismo humano. Elas agem diretamente sobre o trato gastrointestinal.

Uma das principais características desse grupo de bactérias é que elas são capazes de resistir ao nosso processo de digestão e chegar até o intestino, integrando a flora intestinal e contribuindo para seu perfeito equilíbrio.

probióticos

Assim, o lactobacilo tem a missão de inibir a proliferação de bactérias prejudiciais, além de reconstruir a parede intestinal, permitindo a correta absorção dos nutrientes essenciais para um organismo saudável.

Bifidobacterium

Bifidobacterium é um gênero de bactéria anaeróbica e atua como um probiótico beneficente para a saúde humana. As Bifidobactérias são uns dos maiores grupos de bactéria que compõe a microbiota intestinal; estas residem no cólon e promovem benefícios para a saúde de seus hospedeiros.

Portanto, de forma geral, os probióticos ajudam a equilibrar a flora intestinal, facilitam a digestão e a absorção de nutrientes e ajudam a fortalecer o sistema imunológico.

Quando a flora intestinal está em desequilíbrio, o que acontece após o uso de antibióticos ou quando não se tem uma alimentação saudável e equilibrada, o intestino acaba sendo povoado por bactérias ruins, que não ajudam o sistema imunológico e deixam o organismo suscetível a doenças.

Para que servem os probióticos

Os principais benefícios dos probióticos incluem:

  • Combater e prevenir doenças intestinais como colite, síndrome do intestino irritável, doença de Crohn e inflamação intestinal;
  • Combater doenças como câncer, candidíase, hemorroidas e infecção urinária.
  • Melhorar a digestão e combater a azia;
  • Combater a prisão de ventre e a diarreia, regulando o trânsito intestinal;
  • Aumentar a absorção de nutrientes, como vitamina B, cálcio e ferro;
  • Fortalecer o sistema imunológico, por aumentar a produção de células de defesa chamadas macrófagos;
  • Impedir a proliferação de bactérias ruins no intestino;
  • Ajudar a digerir a lactose, especialmente em pessoas com intolerância à lactose;
  • Prevenir problemas como obesidade, colesterol alto e hipertensão;
  • Evitar alergias e intolerâncias alimentares.

Onde encontrar os probióticos

Iogurtes: alguns deles contam com as bactérias boas – e possuem diversos sabores.

Leite fermentado: o mercado já conta com versões para adultos e até com menos açúcar.

Suplementos Naturais: além de protegerem bem as bactérias, são super fáceis de transportar. Veja algumas opções da Nação Verde:

Perfectum – Levedo de Cerveja

Com alto teor de proteínas, fibras, além de todas as vitaminas do complexo B (colina, biotina e inositol), vitamina A, sais minerais como cromo, zinco, cálcio, ferro, fósforo e selênio. Também possui proteínas e aminoácidos, complexos de DNA e RNA, carboidratos complexos, fibras dietéticas e ergosterol (precursor de vitamina D).

O Levedo de Cerveja é um suplemento altamente indicado para veganos, por não conter nenhum ingrediente de origem animal na composição e por ter uma grande quantidade de proteína. Compre aqui.

Psyllium Plus

Pysillium é uma planta que produz sementes muito ricas em fibras. Neste sentido, este suplemento é constituído por psyllium , uma fibra solúvel que absorve água e incha no seu trato digestivo. Compre aqui.

Quitosana Proteg

A Quitosana atua como uma fibra que é obtida a partir de um polissacarídeo (que são carboidratos), produzido na carapaça (exoesqueleto) de crustáceos. Como por exemplo: camarões, caranguejos e lagostas. Compre aqui.

Por isso, o suplemento auxilia na manutenção dos níveis de colesterol sanguíneo e auxilia o processo digestivo. Compre aqui

Gostou de saber o que são probióticos? Então, acesse o nosso site para enriquecer a suas receitas com as nossas opções de alimentos e ingredientes naturais e receba mais conselhos como estes no nosso blog!

Deixe uma resposta