Banana e Canela, a junção que vai potencializar o treino!

Banana e canela: dois grandes aliados na prática de exercícios

 

Originária da Ásia, a canela possui muitos benefícios, entre eles a diminuição do colesterol total e o ruim, LDL, e também os níveis de triglicérides.

A canela também é consumida principalmente em forma de chá, para combater resfriados.

Olha só a junção desses dois ingredientes para você que treina ! 

A banana, já é uma excelente fonte de carboidratos, fornecendo grande energia na hora do exercício e recuperação de glicogênio muscular após o treino.

Rica em vitamina B6, que previne a perda de massa muscular, e seu alto teor de potássio e magnésio é muito conhecido para evitar câimbras e dores musculares.

E não para por aí. Riquíssima em vitamina C, a banana oferece muitos outros benefícios ao organismo, como a contribuição de bem-estar, combate à insônia, controle da pressão arterial e melhora a saúde dos cabelos, unhas e pele.

Existe por ai milhares de  tipos de bananas pelo mundo, mas as mais populares no Brasil são a banana-nanica, banana-da-terra, banana-prata, banana-maçã e banana-ouro. Por possuir menos açúcar e maior quantidade de fibras, a banana-maçã é a mais consumida por quem pratica exercícios.

Portanto, a junção da fruta com a canela, possui entre suas funcionalidades o alívio da dor muscular, por causa de sua capacidade anti-inflamatória, só poderia resultar em uma potente combinação para quem se exercita e deseja manter o corpo sempre ativo.

Nós já falamos bastante sobre os poderes da fibra, e a banana, por ser uma fonte rica desse importante aliado da saúde, proporciona maior sensação de saciedade, contribuindo assim para a manutenção do peso.

Encontrada em quase todas as estações do ano, se consumida com um cereal ajuda ainda mais essa sensação e contribui para o aceleramento de queima calórica do organismo.

Mas não é só no combate à obesidade que ela ajuda, também induz à produção de serotonina, hormônio do “bem-estar”, por conter triptofano – aminoácido que produz no cérebro esse relaxamento.

Aproveite esses dois alimentos e insira-os em sua dieta pós-treino. Com certeza os resultados se refletirão em seu corpo e saúde!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *