Azeite – além do tempero, muitos benefícios!
O azeite de oliva, óleo extraído da azeitona, está no grupo de alimentos essenciais ao cardápio de qualquer pessoa que busca uma vida mais saudável

Azeite – além do tempero, muitos benefícios!

Azeite – Conheça os benefícios:

 

Muito além de temperar nossa comida, o azeite pode ter um efeito muito importante e vital em nosso corpo. Ele provoca a sensação de saciedade, fazendo com que a pessoa sinta menos vontade de comer em um maior intervalo de tempo, o azeite de oliva extra virgem é um antioxidante rico em polifenóis, atuando na produção de radicais livres e também auxilia no controle do colesterol. Aposto que muitos de vocês não sabiam deste poder todo, não é mesmo?

O azeite de oliva, óleo extraído da azeitona, está no grupo de alimentos essenciais ao cardápio de qualquer pessoa que busca uma vida mais saudável. De acordo com publicação do New England Journal of Medicine, a dieta mediterrânea – cuja base é o azeite de oliva extra virgem, castanhas, peixes e vegetais – é capaz de reduzir em 30% o risco de doenças cardiovasculares. Além de ajudar a diminuir o mau colesterol (LDL),  também contribui para o aumento do bom colesterol (HDL). Rico em gorduras monoinsaturadas, benéficas ao organismo, ainda possui efeito anti-inflamatório.

Outro benefício  é a presença de vitamina K – responsável pela manutenção de ossos saudáveis e auxiliar no processo de coagulação sanguínea. Uma porção de azeite (30 gramas) contém 129% da dose recomendada da vitamina por dia, o que prova que, além de delicioso, ele é muito importante para nossa vitalidade.

Confira abaixo mais informações sobre os benefícios do azeite:

1 – Regula o colesterol: As substâncias antioxidantes presentes no azeite inibem o colesterol ruim, o LDL, reduzindo seus níveis e outros fatores causadores de doenças cardiovasculares;

2 – Ajuda a emagrecer: Uma pesquisa realizada pela Universidade de Viena, na Áustria, e Universidade Técnica de Munique, na Alemanha, concluiu que o azeite de oliva contribui para a perda de peso. Isso mesmo! Tudo isso por conta da sensação de saciedade que ele causa em nosso organismo. A pesquisa concluiu também que o azeite de oliva possui substâncias que reduzem a absorção de glicose do sangue para as células do fígado. Porém, o óleo sozinho não será o responsável na perda de peso. É preciso ter uma  dieta balanceada e praticar atividades físicas;

3 – Previne e combate o diabetes: Segundo estudo publicado na revista científica Diabetes Care, uma dieta suplementada com azeite de oliva virgem diminuiu a incidência de diabetes tipo 2 em indivíduos com alto risco cardiovascular (após quatro anos de acompanhamento). O azeite de oliva é um aliado no combate à diabetes por ser anti-inflamatório e conter substâncias antioxidantes.

Médicos e nutricionistas recomendam o uso de duas colheres de sopa por dia. Utilizar o azeite como fonte de gordura diária é muito melhor do que substituir por margarina, manteiga ou maionese, já que esses alimentos não possuem as gorduras monossaturadas.

Pode ser consumido in natura, dando aquele toque final no preparo de saladas, peixes, massas e carnes. Podemos usar também  na preparação de receitas de molhos e até em pratos cozidos ou frituras, fica um gostinho maravilhoso!

Cuidado: fuja do azeite composto. Quando composto,  é feito com a mistura de outros tipos de óleo e o azeite de oliva. Assim, se torna prejudicial para o nosso organismo porque os outros óleos podem ser ricos em gorduras saturadas. Às vezes as pessoas notam uma grande diferença no preço entre o mesmo produto, mas de diferentes empresas, por exemplo. Em alguns casos somente 10% do produto composto é de azeite, o que justifica o preço bem abaixo de um azeite de oliva puro.

Portanto, fica a dica: analise atentamente os rótulos para ter certeza de que está comprando um produto de qualidade e que não fará mal ao seu organismo. Azeite não é tudo igual. Saiba consumir com moderação e desfrute dessa maravilhosa obra-prima da natureza.

Deixe um comentário