ALIMENTOS PARA UM ESPERMA SAUDÁVEL

Sim, os espermas precisam de saúde para poder fecundar no óvulo e gerar um bebê. Afinal, é aquilo que sempre dizemos por aqui: Alimentação é a base de tudo ! Principalmente para viver de forma saudável. 

É importante saberem que a alimentação pode sim interferir na fertilidade masculina e para que o corpo produza espermatozoides de qualidade, que consigam se movimentar e com formato adequado é necessário esse equilíbrio nutricional. 

 

 Resultado de imagem para casal fertilidadeDe todos os casais que buscam suporte especializado por dificuldades para obter gestação, encontramos participação do homem em cerca de 50% dos casos. Isso significa que melhorar o potencial fértil dos homens pode auxiliar um número enorme de casais. Vale lembrar que as causas da infertilidade masculina são as mais diversas e incluem herança genética: varicocele, uso de drogas (maconha, cocaína), tabagismo, abuso de álcool, exposição a agentes tóxicos (agrotóxicos, radiação, alguns produtos químicos, poluição), uso de alguns medicamentos, anabolizantes e obesidade.

 

Buscando o equilíbrio nutricional para melhorar a saúde dos espermas, o consumo de frutas, vegetais (especialmente, laranja, tomate, folhas verdes-escuras), aves, peixes, frutos do mar reduzem o risco do homem ter uma astenozoospermia.

Já aqueles alimentos ricos em gorduras e os alimentos industrializados como carne vermelha (bovina) e processados (embutidos como presunto, salame, mortadela, linguiça e salsicha), doces, refrigerantes e queijos amarelos aumentam as chances desse problema. 

Mas, o que é indicado comer para ajudar na motilidade, produção e qualidade dos espermas ?  Alimentos rico em zinco, vitamina B9, B12, vitamina C – licopeno e betacaroteno, vitamina E, ômega 3 e coenzima Q10  serão os responsáveis pela saúde deles. 

Para uma melhor qualidade do espermatozoide: Cenoura, abóbora, laranja, limão, rúcula, agrião, espinafre e couve são bons exemplos.

Alimentos ricos em antioxidantes são essenciais para a morfologia do esperma:  frutas vermelhas, alho, gengibre, lichia, espinafre, limão, mirtilo, castanhas, nozes e amêndoas, uva-roxa, brócolis, açaí e ovos são os que contêm essa substância.

Invista mais em carnes brancas: peixes e aves, e ovos ou cogumelos como fontes de proteínas.

Alimentos integrais: arroz tipo cateto, 7 grãos, arroz negro e vermelho, aveia em flocos grossos e farelo de aveia são ricos em zinco, nutriente importante para a espermatogênese. Além disso, ostras, peixes, algas, aveia em flocos e cereais são ricos nesse nutriente.

Todas essas informações apontam, sempre, para uma mesma direção que deve nortear as medidas para aqueles que gostariam de incrementar seu potencial fértil: o equilíbrio. Fica muito claro que, também, para a fertilidade, é importante buscar o balanceamento da dieta. Evitar exageros, diversificar o cardápio e procurar alternativas naturais são boas pedidas para todo funcionamento do corpo. E para a produção de espermatozoides não seria diferente!

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *