O que fazer quando tem dores nas costas?

Exercícios recomendados para tirar a dor nas costas

 

Quem trabalha em escritório passa boa parte do tempo sentado em frente ao computador, quase sempre na posição errada.  Além disso, por conta da vida agitada poucas pessoas conseguem fazer atividade física e ter uma alimentação adequada.

Esses são apenas alguns males da vida moderna, que refletem diretamente em nosso organismo e saúde, causando estresse, dores de cabeça e MUITA dor nas costas.

As dores das costas são mais sérias do que imaginamos

Há muitos exercícios que aliviam essas dores e proporcionam maior bem-estar. Pilates, natação e caminhada são excelentes atividades físicas que movimentam o corpo de maneira completa, mas é necessária a autorização médica para praticar qualquer exercício, já que o corpo precisa estar apto para tais atividades.

O pilates é um dos exercícios mais indicados para quem sofre com o problema da dor nas costas, já que o cinturão abdominal é a parte mais exercitada durante a prática, o que faz com que as pessoas que o praticam não sofram com esse mal. Também é muito benéfico para a respiração e os movimentos da atividade praticamente obrigam a pessoa a adotar uma postura adequada para conseguir executar todos os exercícios.

Já a natação, outra atividade que trabalha todo o corpo, é um esporte que exercita principalmente a parte superior do corpo. Mesmo assim, é necessário consultar um médico especialista para saber se sua dor nas costas suporta a “carga” das atividades na água.

Mas não é necessário ir à academia para se exercitar. Há atividades que podem ser feitas em casa e que causam bom efeito nas dores nas costas – o alongamento é um deles.

Comece de maneira suave, sem forçar demais os músculos. Se apoie em mesas e paredes – dê preferência por lugares planos e não vá além do que sentir que pode fazer.

Por isso, vá com calma e opte por atividades que, acima de tudo, lhe deem prazer. Quando conseguimos conciliar prática esportiva com lazer, tudo fica mais prazeroso. Converse com seu médico e não perca mais tempo. Seu corpo agradece.

Deixe um comentário