Programação Para o Desmame

1ª semana: Entre as mamadas da manhã, oferecer suco de frutas não adoçado em copinho. Pode-se iniciar por qualquer fruta (evitar abacate e morango dada a alta concentração de agrotóxicos), mas deve-se repetir a fruta por 3 ou 4 dias, para que a criança “aprenda” o novo paladar;

2ª semana: Entre as mamadas da manhã, oferecer papa de frutas (amassadas ou raspadas ou peneiradas). Optar pelo suco ou pela papa.

3ª semana: Introdução de alimentos salgados para substituir uma mamada (do almoço). É importante oferecer um alimento por vez, repetindo-o por 3 ou 4 dias consecutivos, cozidos em água SEM SAL ou QUALQUER TEMPERO. Nessa fase, pode-se começar a oferecer arroz empapado cozido, novamente, sem sal ou qualquer tempero. Em caso de pouca aceitação, complementar com leite humano.

Durante os 15 primeiros dias oferecer somente frutas e sucos de frutas. Após este período e até o 60o dia, oferecer suco ou fruta pela manhã e papa salgada no almoço sendo permitida, entretanto, a complementação com leite humano.

Após o 60o dia, oferecer a 2a refeição salgada (jantar) e a 2a papa ou suco de frutas (lanche da tarde) caso o bebê se alimente bem. Nesse período é permitida, ainda, a adição de POUCO sal na água de cocção dos alimentos e a evolução de consistência, ou seja, oferecer pedaços de alimentos bem cozidos (permitido 1/4 de gema cozida e fígado) e, ainda, aumentar a variedade de alimentos por refeição, porém, sem mistura-los.

Aos 10 meses, independente de quando o desmame iniciou, o arroz deixa de ser papa e devem-se oferecer alimentos para estimular a “pega”. Nesse período estimular o uso de talheres apropriados para que a criança adquira independência nesse momento.

Aos 12 meses a alimentação pode ser bem semelhante à da família devendo-se oferecer 1 colher de sopa de cada alimento por ano de vida da criança.

Deixe um comentário