BCAA – Melhora musculatura e desaparece com a celulite!

BCAA – Melhora musculatura e desaparece com a celulite!

BCAA – Melhora musculatura e desaparece com a celulite!

 

O BCAA é um aminoácido de cadeia ramificada, foi criado para melhorar performance, condicionamento físico, hipertrofia muscular, redução de lesões musculares que prejudicam o desempenho físico, protege os músculos contra fadiga de esforço excessivo, reduz o catabolismo proteico.

O BCAA também é conhecido como ACR (do inglês branched-chain amino acids ) este que é composto por valina, leucina e isoleucina. Por sua vez são considerados aminoácidos essenciais, porém não são produzidos pelo nosso organismo, sendo necessário fazer a ingestão destes através de dieta.

Os aminoácidos de cadeia ramificada correspondem cerca de 35% dos aminoácidos essenciais em proteínas musculares. Sendo que em um individuo adulto a massa muscular corresponde de 40 a 45% da massa corporal total, desta forma torna-se evidente a valor que estes aminoácidos correspondem.
Quando consumimos o BCAA, melhoramos a hipertrofia muscular ele possui ação anti-catabolica, retarda a a fadiga central, o que melhora o rendimento e evita cansaço e queda do rendimento durante o treino, poupam os estoques de glicogênio muscular, aumentam os níveis plasmáticos de glutamina após exercício intenso, de forma que melhora o sistema imunológico.
Pode também favorecer o processo de cicatrização, melhorar desordens estéticas como flacidez e celulite, melhora balanço muscular em indivíduos idosos, propicia efeitos benéficos no tratamento de patologias hepáticas e renais.


Propriedades

O BCAA, é um produto natural com cápsula gelatinosa, tem fácil deglutição, o que evita desconforto gástrico e maior rapidez de absorção no trato gastrointestinal, o que previne muito mais comparadas as outras a degradação muscular e fadiga.
– Aumenta musculatura
– Previne contra danos negativos as fibras musculares
– Melhora celulite e flacidez
– Ajuda a dar mais energia no pré treino
– Ativa mais rápido a M TOR para crescimento muscular
– 80% de absorção mais rápido do que as outras, cápsula oleosa

Modo de Uso: Consumir 15 min antes do treino 3 doses e 2 doses após o treino

Ação Terapêutica

L – leucina: A leucina age na regulação do processo anabólico envolvendo tanto a síntese quanto a degradação proteica, faz aumentar a massa magra e evita o catabolismo, ou seja, a perda de massa muscular. O efeito da insulina no organismo estimula a produção de insulina que é um hormônio anabólico, com papel crítico na manutenção da síntese proteica muscular. A leucina ativa a MTOR, uma proteína que ativa a síntese proteica sem precisar passar por diversas reações químicas no organismo, ela é um atalho para agilizar o crescimento muscular.

L – isoleucina: Depois de ingerida, a isoleucina é absorvida pelo intestino delgado e transportada pelo sangue até ao fígado, onde parte dela será canalizada para a síntese de proteínas e a outra parte será catabolizada, na presença de vitamina B12, para a produção de energia.

A isoleucina além de ajudar nos mecanismos de produção de energia, também ajuda na recuperação muscular após o treino, juntamente com os outros 2 BCAA’s (valina e leucina). A falta de isoleucina provoca cansaço muscular. Também é necessária para a produção de hemoglobina e para ajudar a regular os níveis de açúcar no sangue.

L- valina: A valina contribui para o tratamento de doenças no fígado e vesícula biliar estimula o crescimento muscular e fornece energia ao corpo, facilita a reparação dos tecidos musculares e ajuda a sarar feridas, combate a insónia e o nervosismo, ajuda a suprimir a sensação de apetite, regula o sistema imunológico e o metabolismo, melhora a resistência física, ajuda a manter a quantidade adequada de nitrogénio no corpo, evitando catabolismo e perda de massa muscular.

Contra Indicação: Altas doses de aminoácidos podem gerar sobrecarga no funcionamento do fígado e dos rins. Pessoas com problemas nestes órgãos devem obter liberação médica para seu uso.
Diminui a concentração de triptofano, pode causar insônia caso consumido próximo ao horário de dormir.
Pode interferir com medicamento anti depressivos.

Batata doce, o carboidrato que emagrece!

Batata doce, o carboidrato que emagrece!

 

Já dizia o filósofo: “Batatinha quando nasce, tem carboidrato de montão, menininha quando come, vira um botijão..!”

Brincadeiras a parte, todos quando começam a fazer dieta,a primeira coisa que cortam é o carboidrato. Mas.. não sabem o quanto é importante para manter a saúde não só do corpo, mas também mental!
A glicose é o principal combustível para o funcionamento dos neurônios cerebrais. Imagina quem corta o carboidrato, o quanto deve ficar irritado e com pensamento lento?

Bom, particularidades sobre a função do carboidrato a parte. O ponto principal deste  é falar o por quê a batata doce é tão estudada e o motivo de estar na tão na moda!

Resultado de imagem para batata doce

A batata doce (Ipomoea batatas) é a raiz de uma planta rasteira, nativa do continente americano, que cresce sem exigir cuidados especiais para o cultivo. Embora seja menos consumida que a batata inglesa, ela é muito apreciada no norte e nordeste do Brasil.
Em grande parte, o sucesso deve-se ao seu baixo índice glicêmico (IG). Esse índice indica a velocidade com que o açúcar (glicose) vai parar na circulação assim que comemos.

Alimentos com baixo IG liberam energia mais lentamente, o que faz com que o pique para o treino seja mantido por mais tempo, o oposto ocorre quando são consumidos alimentos de alto IG, como: pão branco e doces, que fazem o açúcar entrar depressa, causando o caimento do rendimento e a fome antes da hora.

Além do índice glicêmico favorável, esse alimento possui alta taxa de vitamina A, vitamina C e vitaminas do complexo B e alguns sais minerais, como cálcio, ferro, potássio, fósforo. Suas folhas também são bem nutritivas e podem ser preparadas como qualquer outra verdura de folha. Além de tudo é abundante e barata no nosso país!

A batata doce é um dos alimentos preferidos dos praticantes de musculação. Sendo uma das principais fontes de carboidrato, ela normalmente é colocada nas dietas junto com o peito de frango (fonte de proteína).

O ideal é consumir durante o dia, e entre 1 e 2 horas antes de uma sessão de treinamento.

Tente trocar o arroz pela batata doce, isso aumenta sua saciedade e ajuda a controlar quadros de ansiedade.
Não exclua um alimento da sua dieta, apenas pense na qualidade e na diferença entre eles. Faça melhor suas escolhas, elas refletem aquilo que você é!

MALTODREXINA : O que é ? Pra que serve?

Maltodrexina, Malto ou Malto Dextrin – CONHECE ?

 

É difícil se orientar no mercado diante das variedades que existem hoje sobre produtos naturais e orgânicos, ainda mais quando o assunto é suplementação.

A maltodextrina é um dos suplementos mais recomendados como fonte rápida de energia, item que agrega muito a rotina de quem faz exercícios físicos além da academia, como jogares, corredores, praticantes de tênis e natação.

A maltodextrina possui alto índice glicêmico, obtido a partir do amido de milho ou de outras fontes como a mandioca e o arroz, ela ajuda a evitar a fadiga durante a atividade física.

A atividade física é essencial para diminui os sintomas de ansiedade e depressão, ajuda a controlar o peso corporal e contribui para dar disposição.

A ingestão de carboidratos durante a musculação é essencial. Serão metabolizados e darão energia muscular, permitindo que a pessoa então possa dar continuidade à musculação sem qualquer prejuízo.

A maltodextrina (também conhecida como malto dextrin e malto) é um carboidrato e complementa seu itens de pós-treino, mantém os níveis de energia constantes durante a atividade física e melhora a recuperação muscular após os exercícios, por isso é muito utilizada por frequentadores de academia.

Nas lojas da Nação Verde você encontra a maltodrexina e outros para colaborar na suplementação. Borá potencializar o seu treino com mais energia!

A maltodextrina serve para melhorar a absorção de proteínas e demais nutrientes pelo tecido muscular e deve ser consumida de forma correta pois eleva rapidamente os níveis de açúcar do sangue , indicamos a orientação de um profissional sempre.

Malto - Pode ser adicionada no whey protein, creatina e demais proteinas.
Malto – Pode ser adicionada no whey protein, creatina e demais proteínas.

Como tomar? 

  • 1 a 3 colheres de sopa para diluir em 250ml de água.

Muitos tem dúvida de como tomar, mas o indicado é para ser tomada junto com Whey Protein no pós treino, podendo tomar também junto a Creatina, BCAA ou Glutamina.